Need for Speed World

Need for Speed World é um jogo gratuito online de gênero corrida. Publicado pela Electronic Arts e desenvolvido pela EA Black Box, EA Singapore e Quicklime Games. Lançado em 2010, para Microsoft, isto é, PC e Xbox 360. Com a classificação de ESRB (América do Norte).

Jogabilidade:

Need for Speed World apresenta um mapa que mistura as cidades de Rockport e Palmont, ou seja, onde se passa os dois outros jogos da série: Most Wanted e Carbon.

No jogo, os jogadores tem o direito de progredir entre eventos ou até mesmo participando de perseguições policiais. E o nível máximo que poderá ser atingido, por cada jogador, é de 60. Ao término de cada corrida, são oferecidas 5 cartas, no qual, o jogador escolhe uma, sendo a sua recompensa da corrida.

Os jogadores, no modo livre, como preferir, podem andar nas duas cidades. Neste modo, poderá ser feita as missões secundárias, assim como, a Caça ao Tesouro. Os jogadores podem ver os outros, porém, sem colisões aos mesmos.

 

Eventos:

  • Arrancada, ou Drag: São corridas feitas em câmbio manual ou automático, utilizando a aceleração dos carros. Disponíveis em modo multijogador, exceto a Gridlock, que pode ser feita em um jogador.
  • Circuito: São corridas feitas em algumas voltas, com “power up” que pode ser acionado por um dos jogadores e será adicionada uma volta.
  • Pontos de Encontro: Locais em que os jogadores podem encontrar outros jogadores e tirar fotos de seus carros.
  • Perseguição: Este modo, apresenta as fugas policiais. Disponível apenas ao modo de um jogador.
  • Sprint: Corrida ponto a ponto.
  • Fuga em Equipe: Perseguição ponto a ponto, em que, no máximo 4 jogadores, se ajudam entre si para fugir. Disponível apenas ao modo de multijogador.

Veículos:

Em 2010, quando se alcança o nível 10 e acessar apenas carros nível 1 e certos nível 2, o jogador não seria capaz de progredir mais no jogo, forçando a parar, para adquirir mais pontos de experiência ou dinheiro. E único jeito de continuar o jogo, somente com a compra do Need for Speed World Starter Pack. Mas após um pequeno período de tempo, o jogo ultrapassou 1 milhão de cadastros, e em celebração, o jogo se torna gratuito e removendo o limite de nível.

Alguns dos carros não são gratuitos e requerem gasto com dinheiro real, mais conhecido no jogo como SpeedBoost. Alguns carros gratuitos contém uma edição especial, que também requer o SpeedBoost.

No começo, os carros são apresentados pelos níveis 1, 2 e 3. Depois de uma atualização, foram divididos em classes, organizadas por pontuações, sendo a média entre dirigibilidade, velocidade, etc. E podem variar entre 0 e 1000 pontos. Tais classes são: E, D, C, B, A e S. 

Desenvolvimento:

De início, o jogo teve seu anúncio como “free-to-play”. Em 2009, o Need for Speed World foi aberto ao público em modo testes, em fase beta. Totalizando 7 sessões nos testes fechados.

Os jogadores que compraram o pacote de iniciante, tiveram a chance e foram capazes de jogá-lo, pouco antes do lançamento oficial.

Recepção:

Need for Speed World recebeu análises mistas pela crítica. No GameRankings, o jogo ganhou uma pontuação de 62.14%. E na Metacritic, o jogo ganhou uma pontuação de 62.

A GamingXP, deu o maior elogio ao jogo, comentando que: “O jogo é uma combinação dos jogos anteriores de Need for Speed com exceção do single player que foi cortado. Adicione alguns elementos de interpretação de personagens e você tem um MMO de corrida.”

PC Format deu uma crítica em sua edição, em 2010, deixando claro que o jogo “é uma oportunidade perdida.” A Eurogamer comentou que “É uma verdadeira vergonha que o aspecto de MMO de World é efetivamente um salão de espera desnecessariamente elaborado.”

Vale a Pena ou Não Jogá-lo?

Need for Speed World apresenta gráficos, trilhas sonoras espetaculares. Garante ao jogador, boas diversões, mesmo que jogar em modo de um jogador ou em modo de multijogador. Por tais motivos, o jogo se torna indispensável.