The Amazing Spider-Man

The Amazing Spider-Man é um jogo eletrônico de ação e aventura em terceira pessoa e em mundo aberto, desenvolvido pela Beenox, Other Ocean Interactive (para Nintendo DS) e Gamelot (para Android e iOS) e distribuído pela Activision. Lançado para PlayStation 3, PlayStation Vita, Nintendo DS, Wii, Wii U, Microsoft Windows, Xbox 360. Tem versões para iOS, Android, Windows Phone, PlayBook OS.

O jogo é baseado no filme (de mesmo nome), para ser mais exato, é a continuação do filme, que foi lançado em julho de 2012.

Após o acontecimento no filme, a Oscorp continua em segredo, os experimentos do Dr. Conors, criando vários seres  transgênicos (como o Rino e o Escorpiâo), com um vírus mortal que sai de controle e começa a infectar toda a população de Manhattan.

Com todo o caos, a Oscorp contrata o cientista Alistare Smythe, que cria os robôs para lutar contra a infecção, porém, os robôs trazem mais caos do que benefício, então Spider-Man, deverá lutar contra tais robôs e deter o vírus.

A jogabilidade do jogo é semelhante ao jogo do Batman Arkham, isto é, um botão para ataque e outro para contra-atacar, e apresenta uma nova ação conhecida como Web Rush, selecionando um local e lançar a teia e se deslocar até o ponto selecionado.

Outra ação permitida é a jogabilidade em mundo aberto, no qual o jogador tem a liberdade de explorar cada canto da cidade e se balançar pelos prédios da cidade. A cidade é de Nova York, na ilha de Manhttan, onde se encontram várias missões, assim como: perseguições auto-mobilísticas a intervenção de assaltos.

O jogo conta com um modo Sealth, uma câmera em terceira pessoa, mas também em primeira pessoa e Bônus coletáveis que envolvem o trabalho como fotógrafo. No Bônus, são biografias de cada personagens, galerias de arte, roupas alternativas e revistas em quadrinhos.

Além destas missões secundárias, a Beenox acrescenta desafios, cujo o Bruce Campbell oferece a voz ao desafiante. Tem dois desafios diferentes, que deve ajustar a câmera e apontar ao Spider-Man e segui-lo, sem deixar afastá-lo para não perder o desafio. No outro desafio, coletar “flares” que estão pousadas em alguns prédios, e obter a maior pontuação de tempo.

Por ser um jogo em mundo aberto, The Amazing Spider-Man, surpreende pela ótima qualidade de gráficos. Se o jogador ter a liberdade de subir no ponto mais alto de um prédio, é possível apreciar a ilha inteira, sem recurso de névoa. Outro ponto forte do jogo, é ver uniforme do herói rasgar, conforme leva danos e fica evidente nas lutas contra os robôs.

A trilha sonora do jogo, é simplesmente inacreditável, chega de um nível espetacular e maravilhosa, corresponde muito bem nas ações do personagem, e nos ambientes localizados. Faz com que o próprio jogador se interaja com o jogo, se sentindo o próprio herói do jogo.