Coronavirus: confira 10 jogos com temas apocalípticos

125
O cenário preocupante de uma pandemia (como essa que estamos vivendo) ou até mesmo de acontecimentos apocalípticos já foram tema de vários jogos.

Claro que o coronavirus é um negócio MUITO sério e que a gente deve seguir as recomendações das autoridades de saúde para evitar sua propagação. Lavar as mãos com frequência, manter distância das pessoas e, principalmente, evitar sair de casa são alguns dos procedimentos que adotamos para evitar que o vírus se espalhe. Diante dessa realidade NEM UM POUCO agradável, acabamos passando (temporariamente) por um verdadeiro “isolamento” dentro de nossas casas. Mas há pelo menos um lado bom: podemos jogar mais videogame!

Sabemos que a Steam, por exemplo, bateu recentemente seu recorde de usuários conectados, prova de que a galera tem aproveitado a quarentena para jogar uns games.

O cenário preocupante de uma pandemia (como essa que estamos vivendo) ou até mesmo de acontecimentos apocalípticos já foram tema de vários jogos. Fiz, então, uma seleção de dez games que certamente merecem ser jogados.
Mas antes, quero aproveitar para mandar força a todos os amigos. Sei que estão apreensivos com essa inédita epidemia (pandemia, na verdade) do coronavírus. Tenho certeza que tudo isso vai passar logo e teremos muitas histórias para contar aos nossos filhos, netos, bisnetos, tataranetos (orra, meu!), etc. Força e fé.

Agora vamos à lista dos 10 jogos com temas apocalípticos!

Pandemic: The Board Game – quem me conhece sabe que sou fã de carteirinha de jogos de tabuleiro e “Pandemic” é um dos mais aclamados títulos desse gênero. Recebeu uma versão para os videogames há pouco tempo. Joguei a versão de Xbox e PC (Steam) e gostei da adaptação. Neste jogo, várias doenças (vírus) surgem simultaneamente em todo o mundo. Os jogadores, no papel de especialistas, devem combatê-las eliminando os focos de contaminação. Precisam achar a cura das doenças antes que os vírus se alastrem e a situação saia do controle.

Plague Inc. Evolved – O jogador controla uma praga, que começa a infectar a humanidade a partir de uma única pessoa. O objetivo é infectar e matar toda as pessoas do mundo e, para isso, precisa adaptar a praga para vários ambientes. A missão é completar esse objetivo antes dos humanos, que trabalham para desenvolver a cura para a doença.

Tetris & Dr. Mario – esse é um jogo de Super Nintendo pra lá de divertido. É um remake dos clássicos Tetris (1984) e Dr. Mario (1990), do Nintendinho e Game Boy. Como o assunto é vírus, o destaque é para Dr. Mario. Nesse game, o jogador deve usar pílulas coloridas para derrotar os vírus espalhados pela tela. Os vírus vêm em vermelho, amarelo e azul, e devem ser eliminados pela combinação de duas ou mais pílulas da mesma cor na horizontal ou na vertical. O modo para dois jogadores é MUITO divertido, com eles tendo que limpar os vírus da forma mais eficiente possível nos diferentes estágios.

A Plague Tale: Innocence – O ano é 1349 e a praga devasta o Reino da França. O jogador assume o controle da personagem Amicia, em uma perspectiva de terceira pessoa. Ela e seu irmãozinho Hugo vivem um dos momentos mais negros da história. Perseguidos pelos soldados da Inquisição e rodeados por enxames de ratos imparáveis, Amicia e Hugo vão aprender a confiar um no outro. À medida que se debatem para sobreviver contra probabilidades esmagadoras, lutarão para encontrar sentido neste mundo brutal e impiedoso.

Tom Clancy’s: The Division – Durante a Black Friday, uma pandemia devastadora se alastra pela cidade de Nova York, e um a um, os serviços públicos acabam. Em poucos dias, sem comida ou água, a sociedade mergulha no caos. A Division, uma unidade autônoma de agentes táticos, é acionada. Com vidas aparentemente comuns entre nós, estes agentes são treinados para operar independentemente e salvar a sociedade.

DayZ – Jogo online de simulação em mundo aberto. Gira em torno da sobrevivência em meio a uma infecção global, no qual os infectados pelo vírus desconhecido se tornam extremamente agressivos. O fator multiplayer é forte: cada um dos 60 jogadores em um servidor precisam sobreviver o máximo que puder, custe o que custar.

Fallout – Em 2077, a escassez de petróleo e as tensões crescentes entre os Estados Unidos e a China provocam uma guerra nuclear. Os ataques começam e a explosão acaba com toda a costa oeste da América do norte. O governo dos EUA, como precaução, construiu vários abrigos nucleares chamados Vaults, e mandou para esses abrigos cidadãos americanos devidamente escolhidos (os que tinham boa saúde e a mínima propensão para doenças). Você nasceu e foi criado por um robô dentro de um desses abrigos. O jogo começa aí, neste ambiente pós-apocalíptico.

Cadillacs & Dinosaurs – Esse jogo, de 1993, é o queridinho da galera dos fliperamas (principalmente do Anjico). Após inúmeros desastres naturais causados pela poluição, a humanidade entra em colapso e os sobreviventes são obrigados a viver por séculos em cidades subterrâneas. Ao voltar para a superfície, no ano de 2513, os humanos descobrem que a Terra foi repovoada por dinossauros, que a princípio eram dóceis e conviviam de forma pacífica com os humanos, até que começaram a sofrer ataques de uma gangue chamada Black Marketers. Isso fez com que os dinossauros se tornassem hostis com os humanos e começassem a atacar povoados. A fim de colocar as coisas em ordem novamente, Jack Tenrec, Hannah Dundee, Mustapha Cairo e Mess O’Bradovich decidem juntar-se contra as ações dos Black Marketers e iniciam uma busca aos membros da gangue e seus líderes.

The Last of Us – Talvez o jogo mais aclamado dos últimos tempos… game pós-apocalíptico de ação-aventura e sobrevivência. O jogador atravessa uma série de ambientes arruinados. Armas de fogo, armas improvisadas e furtividade são usadas para derrotar humanos hostis e criaturas canibalísticas infectadas por uma mutação do fungo Cordyceps. A expectativa pelo lançamento do segundo jogo da franquia está sendo enorme!

Resident Evil – Pra fechar a lista, vamos falar do jogo de survival horror mais conhecido da história dos games. Resident Evil é uma franquia que nasceu em 1996, no Playstation, e hoje tem uma base de fãs monstruosa. O enredo inicia em torno de uma série de casos de homicídio envolvendo canibalismo ocorridos em Arklay Mountain (Montanhas Arklay), ao noroeste da cidade fictícia Raccoon City em 1998. O S.T.A.R.S (Special Tactics And Rescue Service – Serviço de Resgate e Táticas Especiais) é designado para investigar a fonte de tais assassinatos. As equipes enfrentam problemas durante a investigação e alguns membros são forçados a se refugiarem em uma mansão abandonada. O grupo acaba se deparando com zumbis e outras criaturas e descobrem que a mansão é, na verdade, um laboratório secreto pertencente à multinacional farmacêutica Umbrella Corporation. As criaturas são o resultado de experiências com um vírus geneticamente modificado chamado T-Virus. Clássico absoluto.

Bem, é isso.
Se cuidem e passaremos por mais essa ilesos. 😉

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui