Game Boy Advance

Game Boy Advance, ou mais conhecido pela abreviação GBA, é um console portátil desenvolvido e fabricado pela Nintendo. Lançado em 2001 e se encontra na 6ª geração dos videogames. É o sucessor do Game Boy Color e antecessor de Nintendo DS.

O console portátil GBA, junto com GBA SP e o GB micro, tiveram boas vendas. Em 2005, a série Game Boy Advance vendeu mais de 74 milhões de unidades por todo o mundo.

O Game Boy Advance é compatível com jogos lançados de seus antecessores Game Boy e Game Boy Color. Assim como novos jogos desenvolvidos, que levam vantagens de novas capacidades técnicas do sistema. Necessita de duas pilhas AA, fornecendo cerca de até 10 horas de jogo, e uma fonte de energia conectada diretamente nas entradas de pilha do console portátil. A versão SP vem com uma bateria recarregável de íons de lítio e acompanha carregador (bivolt automático).

O GBA possui uma ARM de 16,8-MHz. Baseado na arquitetura RISC, destinada a linguagem de programação C, que os processadores 8-bit Z-80A usados em versões anteriores do Game Boy. O processador executa em  modos 32-bit ARM e 16-bit “Thumb”. O sistema contém um processador Z-80A de de 8,4-MHz, que fornece suporte aos jogos do Game Boy, porém, ambos processadores não podem funcionar ao mesmo tempo.

Dimensões: Comprimento de 144,5 mm, largura de 24,5 mm, altura de 82 mm e peso de 140 g.

A tela de 2,4″ LCD é capaz de uma resolução de 240×160 pixels em em cores de 15-bit, ou seja, 32.768 cores. E é iluminada pela luz ambiente, isto é, os jogadores precisam inclinar o portátil, que tenha vantagem de alguma fonte de luz externa. O lançamento do console portátil GBA SP, emite a luz.

O hardware do GBA possui suporte para operações em 2D, que usa elementos gráficos chamados de “sprites”. Jogos recentes chegam aos limites do console portátil, por ter gráficos em 3D, que incluem: V-Rally 3, Asterix e Obelix XXL, 007 Nightfire, Top Gear Rally, Monster Truck Madness, Driv3r, e muitos outros títulos com engines em 3D real.

Outros jogos que possui gráficos mais bonitos, com pseudo-3D, assim como os da série Doom, Duke Nukem e Kill Switch. Estes jogos tinham boas taxas de quadros por segundo.

O GBA possui uma porta de série que permite conexão com outros GBAs de maneira similar ao sistema “token ring”. Um GBA pode receber 256 KB, até mesmo quando não há cartuchos inserido. Útil para conexões em modo multi player, no qual vários GBAs podem jogar com apenas 1 cartucho. O console portátil, com cartucho, manda os dados para os outros GBAs sem cartucho.

GBA se tornou um aparelho moderno, que oferece suporte a “sprites” (uma tecnologia de renderização). Também se tornou popular, para quem é fã ou que gostam de jogos clássicos, devido a suas constantes conversões de clássicos das eras de 8 e 16 bit.

O console portátil GBA, apresenta emuladores disponíveis para download, entre eles os mais famosos NO$GBA, Rascal e Visual Boy Advance. Ambos No$GBA e Visual Boy Advance oferecem suporte ao uso de imagens BIOS.