Nintendo Entertainment System

Nintendo Entertainment System, ou mais conhecido pelas siglas NES, e no Brasil, o console ganhou apelido de “Nintendinho”. NES é um console de videogame lançado pela Nintendo em 1983, mas batizado de Nintendo Family Computer, ou então conhecido como Famicom. O console se encontra na 3ª geração dos videogames.

O sistema foi recriado e assim recebeu um novo nome, e lançado em 1985 ao mercado americano. O console marcou um sucesso comercial na sua época, e assim, que ajudou na indústria de videogames a se recuperar da crise, que ocorreu alguns anos atrás, estabelecendo novos padrões.

O NES foi o primeiro console a ser produzido por terceiros, no que resultou em ajudas de divulgações do sistema em todo o mundo. E também foi um dos primeiros consoles em ter jogos feitos por terceiros (não só pela própria fabricante). Seu código de modelo é NES-001. O console NES encontra-se em 8º lugar na lista de videogames mais vendidos, perdendo pelos consoles da Sony e alguns da Nintendo.

 

 

História:

Continuando os sucessos de jogos de arcade, lançados no começo dos anos 80, a Nintendo então cria um plano a lançar seu próprio console. Inicialmente, a ideia era um sistema com processador de 16 bits e drive para disquetes, mas como não seria útil para a época, em 1983, a empresa lançou (no Japão) o Nintendo Family Computer. Depois mais conhecido como Famicom, era um console com processador de 8 bits e usara cartuchos.

O design do Famicom foi feito para parecer um brinquedo, deixando claro, com cores em vermelho e branco, e apresentava controles totalmente diferentes dos padrões da época. O console contém uma porta de expansão e componentes que seriam lançados para conectar à porta.

Em seu primeiro ano, o Famicom recebeu críticas por aparecer erros de programação, o que fez a Nintendo criar planos por todos os consoles vendidos e parar a sua produção por algum tempo. Logo, com o problema solucionado, a Nintendo volta ativa, comercializando o Famicom, tornando o console mais vendido no Japão.

Com este sucesso da Famicom, a Nintendo anuncia seus interesses em lançar o sistema no mercado ocidental. Houve tentativas de negociação com a Atari, ao lançamento para o mercado americano, nomeado de “Nintendo Enhanced Video System”. Porém, a Atari não se interessou.

Em 1985, a Nintendo lançou o sistema redesenhado, que apresentaria um layout moderno e sério, apresentando o console, como um centro de entretenimento, em poder do sistema.

O console foi oficialmente lançado nos mercados dos Estados Unidos, em teste de aceitação do público. Tendo inicialmente 50.000 unidades ao mercado, e que se esgotaram em pouco tempo. E no ano seguinte, levou a Nintendo lançar o console no resto do país. Logo mais tarde, o console teve seu lançamento na Europa, Austrália e Brasil. Por uma década, o sistema se manteve na liderança dos mercados japonês e americano. 

Ná década de 90, com a renovação tecnológica, o sistema teve substituição por consoles mais modernos. A Nintendo norte-americana continuaria a dar suporte ao console até no ano de 1995. A Nintendo japonesa criou uma nova versão do Famicom, titularizada de Famicom AV, e manteve seu suporte de assistência técnica até 2003.

 

 

Jogos do Console:

O console NES se tornou um sistema difundido pelos jogos da Nintendo, lançados com franquias bem-sucedidas, assim como: Mario, Metroid, Zelda e Donkey Kong.

NES também teve colaboração de terceiros, com as empresas Capcom, Konami e a Square, onde se iniciavam as séries: Mega Man da Capcom, Castlevania e Contra da Konami, e Final Fantasy da Square. A Nintendo assinou um contrato de exclusividade com seus colaboradores, deixando a garantia de que as empresas só trabalhariam no console NES.

O jogo mais vendido do console foi Super Mario Bros, resultando 40 milhões de unidades.