Dragon Warrior III

589

Dragon Warrior III é um jogo eletrônico de gênero RPG, desenvolvido pela Chunsoft, pela Heartbeat (SNES) e TOSE (GBC). E publicado pela Enix (publicado pela atual Square Enix na versão para Wii). É o terceiro título da série Dragon Quest, que passou a ser conhecida por Dragon Warrior na América do Norte.

Lançado em 1988 para Famicom e em 1991 para NES (Nintendo Entertainment System), o jogo foi refeito e lançado em 1996 para Super Famicom, em 2000 para Game Boy Color, em 2009 para celulares e em 2011 para Nintendo Wii.

Os três primeiros jogos da série são parte da mesma história, porém, Dragon Warrior III cronologicamente é o primeiro jogo, e o terceiro jogo que apresenta o herói Loto.

História:

O herói Loto tem como tarefa, salvar o mundo de Baramos. Precisando reunir um grupo e criar uma equipe, Loto deve viajar explorando o mundo, para encontrar o caminho que o leva até Baramos.

Jogabilidade:

O jogo expandiu a jogabilidade não-linear e de mundo aberto, e introduziu recursos de um mundo persistente, que mostra que as horas passam, ou seja, um ciclo de dia-noite, e um sistema de classes (que influenciou a jogabilidade de futuros RPGs).

O jogo usa convenções básicas, como por exemplo, subir de nível ao ganhar pontos de experiência e equipar itens. A batalha é apresentada por turnos, assim como é em outros jogos da série, porém, com diversas alterações na interface feitas em títulos seguintes, como por exemplo, abrir portas mais facilmente, mochila para guardar itens, organização dos itens por comandos, e um para automatizar o processo de lançar magias e até mesmo recuperar pontos de vida.

Em relação aos anteriores da série, mesmo por possuir estruturas não-linear, Dragon Quest III apresentou ainda mais uma experiência de mundo aberto, e dando permissão aos jogadores de trocar os personagens da equipe, e acrescentou o ciclo de dia e noite pois certos itens, personagens e aventuras só tem acessos em certos período do dia.

Informações:

A cada aspecto individual, o jogo apresenta belíssimos gráficos para a época. Mapas coloridos, texturas diversificadas, as magias com animação diferenciada. Tudo é resultado de um excelente trabalho em equipe.

A trilha sonora do jogo dá show à parte. Há momentos em que deixar o jogo parado, somente para apreciar cada som que o jogo apresenta, mas o único porém, os sons das batalhas que se torna repetitivo ao passar das horas, mas ainda assim não seriam motivos de tirar o sucesso do jogo.

Vale a Pena Jogá-lo?

Dragon Warrior III é um jogo que não deve ser dispensado. Mesmo que passam gerações dos videogames, o jogo se tornou inesquecível.  Aos fãs de jogos do gênero em RPG, ou até mesmo aos jogadores que mostram interesses ou curiosidades, Dragon Warrior é a opção ideal.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui