muralgamer

Judy Alvarez – Cyberpunk 2077

Ela é a nossa Musa-Gamer da semana. Confira:

Judy Alvarez é um personagem que pertence ao jogo eletrônico Cyberpunk 2077, que no título, ela é uma possível opção de romance para V. Uma técnica habilidosa de Braindance (dança cerebral) e membro do Max (ou Techie, especialistas cibernéticos). Ela carrega como apelido de Jude.

História:

Vida Pregressa:

Judy Alvarez é natural de Laguna Bend, localizada na região de Night City. O seu pai era sempre uma pessoa ausente, e sua mãe morreu quando ela ainda era criança, porém, ela guarda uma foto da mãe e, mesmo assim, não consegue lembrar dela. E assim, Judy foi criada pelos avós. Ao ver que o seu avô era um técnico, ela quis aprender com ele e se tornar um técnico, e nesse meio tempo, ela adorava ouvir as histórias do seu avô. A sua avó era temperamental, do qual, Judy herdou.

Com o passar dos anos, Judy costumava sair com as outras crianças para brincar, mesmo que, as crianças zombassem dela por não ter seus pais por perto. Ela gostava de frequentar a única lanchonete da cidade para comer hambúrgueres e visitar a igreja.

No ano de 2062, quando a área de Laguna Bend foi comprada pela NC Dam, pois a corporação tinha planos de transformar a região em um reservatório. Mesmo com os protestos, os moradores acabaram sendo expulsos de suas casas. Judy e seus avós se mudaram para um apartamento alugado em Night City, mas em poucos anos, seus avós foram embora por odiarem a metrópole, se mudando para o norte, para Oregon, e Judy ficou e fez o seu próprio apartamento.

Aos seus 16 anos de idade, Judy foi condenada e detida por roubar um caminhão de bombeiros, porém, ela menciona que encontrou abandonado em um ferro-velho e, que, decidiu consertar, então a polícia a prendeu. Eles não acreditaram em Judy e começaram a detê-la. Muitos anos depois, Judy tentou obter algum tipo de compensação pelo que ela pensava ser “uma prisão juvenil ilegal”. Ela entrou em contato com um advogado na esperança de que pudesse ajudá-la a obter uma indenização da Câmara Municipal, mas demitiu Judy afirmando que era algo muito difícil de conseguir, e fez com que Judy desistisse do caso.

No ano de 2070, Judy começou a trabalhar como técnico na Braindance, e lá, conheceu as Dolls (tradução bonecas, mas em Cyberpunk, é uma expressão usada na indústria do sexo), inclusive, Evelyn Parker, Tom Caldera e Maiko Maeda, do qual, começou a ter um relacionamento. Judy começou ajudar Maiko a subir na hierarquia sobre as estatísticas em seu chip de bonecas, não apenas para ajudá-las, mas também, para melhorar as situações.

Cyberpunk 2077:

Após algum tempo da última conversa, Evelyn entrou em contato com Judy, querendo saber das novidades e sobre o seu relacionamento com Maiko. Judy mencionou que uma dessas coisas ainda era verdade. Além disso, motivo do contato era que Evelyn precisaria de uma ajuda sobre os trabalhos na Braindance, por saber que Judy era a melhor para o trabalho. Em troca, ela prometeu a ela uma vida livre de trabalho, onde Judy poderia se concentrar apenas em sua arte. Evelyn pediu para se encontrarem e sugeriu “no porão de Susie Q”.

Assim que Evelyn explicou o que ela precisava de Judy, conversando em um bar na espera de um contato de Evelyn aparecer, e assim que o fizeram, Judy terminou sua bebida e voltou para o porão. Logo mais, Evelyn apareceu com seu contato e apresentou V a sua amiga. Judy ajudou V a se preparar para uma dança cerebral e mostrou a eles como editá-la. Depois eles começaram a rever a gravação de Evelyn para encontrar seu objetivo. Uma vez feito, Judy deu a V o dispositivo portátil, pois já tinha o perfil de V e caso alguém pudesse rastrear seu uso até ela. Ela também comentou se Evelyn e V estivessem planejando algo contra, mataria os dois, por demonstrar que não queria ter problemas para ajudá-los. Evelyn assegurou a Judy que não haveria nenhum.

Galeria:

Visualizações:
50
Categorias da Publicação
MUSAS GAMER

Comments are closed.