fbpx
muralgamer

Kara – Detroit: Become Human

Ela é a nossa Musa-Gamer da semana. Confira:

Eu sei que você pensa que somos apenas máquinas, mas desde que conheci Alice, sei que posso sentir coisas, eu me importo com ela, temo por ela, não posso ser feliz se ela não for, provavelmente não faz sentido para você, mas eu sei que ela me mudou de alguma forma
– Kara para Adam Chapman.

Kara é um personagem que pertence ao jogo eletrônico Detroit: Become Human. Um androide doméstico com o codinome AX400, que serve os seus serviços para Todd Williams e que cuida de sua filha Alice. A sua conexão com a garota pode desencadear uma reviravolta capaz de interromper sobre a sua existência repetitiva e a inicia em uma jornada ao redor do mundo, sabendo que, os androides podem se revoltar contra os seus criadores e iniciar um confronto.

História:

Uma android conhecida com o ID KPC-897-504-C, ganhou uma identidicação Kara, e assim, foi criada. Sendo assim, Kara passou por testes em suas funções físicas e cognitivas pelo seu operador da Cyber Life, assim que, ela percebeu que seria comprada e usada como um objeto de trabalho, a androide menciona que “estaria viva”, podendo demonstrar angústia. O operador viu isso como um defeito de fabricação e que deveria ser remontada para ser, novamente, analisada. Assustada, Kara implorou pela sua mente e sua “vida”, querendo que o operador não realize a remontagem e a ser enviada para loja e ser vendida. Ele aceitou, porém, a androide deveria guardar isso como um segredo e ficar quieto sem tocar nesse assunto. Kara o agradece.

Kara foi enviada para uma loja, do qual, ela foi comprada pelo taxista Todd Williams, para que Kara pudesse usar os seus serviços de diarista e cuidar de sua filha Alice. No entando, Todd demonstra ser abusivo e violento com a androide Kara, e por muitas vezes, por Kara tentar dar sua atenção para a filha. Por muitas vezes, Kara era enviada para o serviço de reparo e voltar com memórias redefinida. Por um momento, Todd registrou um boletim de ocorrência, no qual, afirma sobre Kara havia mostrado sinais de agressão. Todd afirma que sua filha a chamou de “Kara”, o que pareceria uma contradição, no entanto, está implícito que Alice ouviu o nome de Kara em primeiro lugar.

No ano de 2038, Kara foi danificada outra vez, e Todd alega que a androide estava envolvida em um acidente automobilístico. Assim, Kara foi enviada para a loja Zona Android para receber reparos, durante o processo, ela foi redefinida e sua memória foi apagada. Todd retorna para levar a androide novamente para a sua casa, registrando com o nome “Kara”. Ao chegar em casa, Todd a ordena para limpar a sua casa e cuidar de Alice, e durante os seus serviços domésticos, aos poucos, Kara conhece melhor a história de Alice, e do motivo de Todd ter tais comportamentos.

Passam os dias, Todd continua com o seu jeito agressivo, tudo se torna motivo de discussão furiosa, a ponto de ele mencionar que odeia os androides, pelo motivo dessas máquinas pegarem o seu emprego. Por muitas vezes, Todd culpa a sua própria filha Alice, a ponto de usar agressão física, deixando-a sempre com medo e fugir para se esconder em seu quarto, no entanto, a androide Kara busca a melhor forma de confortá-la, e Todd não aceita este comportamento vindo do androide. Porém, toda vez que Kara vê danos corporais em Alice, a androide ganha a obrigação de impedir, pois, é uma ordem cuidar de sua filha Alice.

Observação:
No jogo Detroit: Become Human, o jogador deve decidir qual caminho seguir, ou seja, fazer as escolhas certas para as ações, sendo que uma delas, poderá resultar em que Kara e Alice fujam de casa na espera de um ônibus.

Personalidade:

Os androides comercializados pela Cyber Life são projetados para cuidar do trabalho doméstico e cuidar de crianças, com isso, podendo falar todos idiomas diferentes, cozinhar 9000 opçoes de pratos, contar mais de 9000 histórias diferentes, ajudar com as tarefas de escola. Tudo faz com que os androides se tornem populares por causa de sua capacidade de criar um laço amigável com as crianças, sendo assim, Kara foi projetada para ser gentil, paciente, obediente e agradável.

A androide Kara pode demonstrar sentir emoções, porém, caso haja momentos em que os androides entrem em conflito com seres humanos, assim como os demais androides, Kara poderá mostrar o seu lado ingênua e nervosa, podendo realizar ações imprudentes, ao que inclue, roubar e quebrar propriedades. E mais, a quem ela pôde criar laços de amizades, poderá demonstrar desconfianças pelos “amigos”, tanto que, poderá usá-los como vendas, assim como, o operador a fez ao colocá-la na loja.

Galeria:

Visualizações:
190
Categorias da Publicação
MUSAS GAMER