Materia – Dissidia Final Fantasy NT

145

Materia é um personagem que pertence ao jogo eletrônico Dissidia Final Fantasy NT. Ela é a Deusa das Máquinas, o posto de Spiritus, o Deus da Magia. Materia também aparece nos títulos Opera Omnia e Theatrhythm.

Materia incorpora elementos comuns da história central da série Final Fantasy, sendo: luz, tecnologia, ciência e o “poder da humanidade”. Ela representa um anjo celestial, mas suas ações e comportamento ouvem a ideia de como o sagrado e o majestoso nem sempre representam o lado do bem. Embora ela carregue intenções benevolentes, a natureza julgadora e acusatória mostram falhas que estão alinhadas com seus elementos dominantes como deusa, incluindo a falácia de como poder e justificação supostamente igualam a justiça.

História:

Assim que o mundo B começou entrar em colapso, o Cosmos foi quem permaneceu no planeta até o fim, mas foi apagado da existência. A sua vontade, que era a mesma vontade do Caos, sobreviveu e reencarnou como Materia e Spiritus. Materia não tem nenhuma lembrança de sua vida passada, mas que é ciente de que era uma deusa da ordem e da harmonia.

Materia decide criar o seu próprio exército para gerar energia e sustentar o mundo B, e para isso, ela convocou 15 guerreiros que já haviam participado de guerras sem fim, do qual, o mundo já foi o campo de batalha. Assim que Spiritus interrompe o encontro para declarar que ele governa o Mundo B, Materia exige que os seus guerreiros o detenha, nessa hora Noctis diz que é perda de tempo e dá ideia de voltarem para casa, mas os demais recusam.

Pela falta de conhecimento sobre o mundo B, seus próprios guerreios acham estranho e duvidam de suas intenções, e sendo assim, eles partem em busca de respostas sobre a origem dos Deuses Materia e Spiritus. Em pouco tempo, Cloud e Bartz reencontram com Materia para informar sobre desaparecimento de um dos guerreiros, e Cloud menciona que o mundo B apresenta algo anormal, do qual, Materia diz sobre os guerreiros de Spiritus estão provando demais para ela. Bartz diz que os planggorgers (larvas do dragão Shinryu) estão minando a energia do mundo, e ela pergunta se eles são capazes de eliminar essa ameaça. Shantotto aparece abrindo comunicações com Spiritus, que está com o Guerreiro da Luz, Cecil e Noctis. E Materia acusa Spiritus por tentar colocá-los contra ela. Após as informações da situação, Materia e Spiritus decidem se aliar temporariamente para uma batalha contra Shinryu, a verdadeira causa da perda de energia no mundo B.

Com a derrota do dragão Shinryu, os deuses restauram o mundo e os guerreiros são enviados para casa depois de imbuir suas memórias em cristais para servir em nome dos deuses. Materia afirma que vencerá Spiritus quando o mundo B tiver energia suficiente para se sustentar. Spiritus concorda em iniciar uma nova guerra para garantir a sobrevivência do mundo, Materia convoca o Guerreiro da Luz, Noctis e Lightning para enfrentarem Garland, Sephiroth e Ultimecia.

Personalidade:

Em comparação de como era os Cosmos, de cuja vontade ela nasceu, Materia demonstra ser franca e assertiva. Pela sua falta de conhecimento sobre o mundo B, seus guerreiros duvidam dos seus motivos, mas percebem que ela é honesta, orgulhosa, sofisticada e educada, e além de tudo, acreditam que tem uma reivindicação legítima sobre o mundo B e trata Spiritus com desprezo, mesmo que, o seu desejo compartilhado de proteger o mundo.

Quando Materia e Spiritus vêem que o dragão Shinryu é a real ameaça, ela demonstra estar disposta e dedicada em se aliar ao seu rival para salvar o mundo.

Galeria: