Lisa Garland é uma personagem que pertence ao jogo eletrônico Silent Hill.

De princípio, sonho de Lisa era ser atriz, com o desejo de adquirir fama. Mas a tradição da família é seguir o caminho da enfermagem, o que implica Lisa a seguir o mesmo caminho.

História:

Lisa Garland é natural de Silent Hill e frequentou a escola primária de Midwich. A tradição da família é seguir o rumo de enfermagem, ela decidiu estudar para seguir carreira no Hospital Alchemilla. Foi então que Lisa se tornou viciada em PTV, droga recreativa criada com plantas indígenas usada por turistas e cidadãos de Silent Hill, administrada pelo Dr. Michael Kaufmann e pela Ordem (o culto residente local).  

Assim que Lisa se tornou enfermeira, uma de suas tarefas era cuidar de Alessa Gillespie, que, quando criança, foi gravemente ferida em um incêndio, como resultado de sua mãe, Dahlia Gillespie, e sua extrema devoção à sua religião e deus. De resultado do incêndio, o corpo de Alessa não se curavam e escorriam sangue e pus, exigindo bandagens frequentes.

Lisa não tinha noção de que estava mantendo a garota viva, o Livro das Memórias Perdidas revela que Dahlia lançou um encantamento mágico na própria filha, além do Deus no útero de Alessa para proteger o seu corpo. Porém, a provação de substituir as ataduras afetou a saúde mental e a sanidade de Lisa. Por alguns anos, Alessa foi mantida no porão do hospital. 

Lisa queria deixar o hospital e deixar de cuidar de Alessa, por motivos de doença. Mas o doutor Kaufmann não deu a permissão e ameaçou cortar seu fornecimento de PTV, o que resultou em graves discussões entre eles. Ao deixar de dar os suprimentos para Lisa, logo começou a alucinar de uma forma com sintoma de abstinência.

Com tudo, Lisa foi dada como falecida por causa do PTV, possivelmente, por overdose ou através de parasita contida na droga. 

Personalidade:

Boa parte de sua vida exercendo a profissão de enfermeira seja um mistério, pode notar que Lisa apresenta uma personalidade gentil e de boas afeições, e simpática com os demais, apresentando o seu jeito alegre de viver. 

Além de suas boas qualidades, Lisa pode ser dependente ao se sentir sozinha e isolada, e que pode resultar de seu pior fator, de ter vício por drogas. 

Galeria: