Freya é um personagem que pertence ao jogo eletrônico God of War. Também conhecida como “A Bruxa dos Bosques”. Ela é uma deusa Vanir que auxilia na jornada de Kratos e Atreus. 

Filha de Njordr, uma ex-esposa de Odin, e mãe de Baldur, e irmã das Valquírias, das quais ela era a rainha antes de passar o título para uma de suas irmãs, Sigrun.

As irmãs de Freya, são elas: Gunnr, Geirdriful, Eir, Kara, Rota, Olrun, Gondul, Hildr, Sigrun, e o irmão Freyr.  

História: 

Pouco se sabe sobre sua infância. Durante a guerra Aesir-Vanir, Freya se encarregou de liderar os deuses, e aceitou em se casar com Odin, para que pudesse reinar a paz de ambas os lados. Sendo assim, ela se tornou a Rainha das Valquírias, mas com este casamento, Odin aprendeu os caminhos da magia de Freya e usou para propósitos injustos.

Freya e Odin foram reconhecidos por Mimir por estarem apaixonados, e com isso, Freya decidiu deixá-lo, devido a seus modos injustos. Porém, ela não podia fugir para o seu próprio povo, ao verem o seu casamento como uma traição, a forçando seguir para Midgard.

Ao romper seu casamento com Odin, incorreu na ira e despeito do Allfather. Se sentindo traído, Odin a amaldiçoou para que Freya não saísse de Midgard ou de prejudicar qualquer ser vivo através de meios físicos ou mágicos. E tirou Freya de suas asas Valquírias e as escondeu em um local desconhecido. Para alguns, isso serviu como crueldade por parte de Odin, pois entendiam que Freya viveria em isolamento.

Um resultado positivo de seu casamento foi Baldur, o filho. Mesmo que ela o amasse, uma profecia previa a sua morte como desnecessária, e levou a encontrar uma maneira de impedir isso. Freya jogou um feitiço em seu filho, concedendo-lhe invulnerabilidade, com a intensão de poupar o filho da morte, e a dor que essa perda a causaria. Porém, com esse feitiço, fez com que Baldur perdesse os sentimentos. E ele, exigiu que removesse esse feitiço, mas Freya alegou, que isso seria para o seu bem. Baldur não demonstrava satisfeito com o amor maternal, do qual, tentou matá-la, mas sem sucesso. Mas jurou ódio e que jamais a perdoaria. 

Ela permanece cega ao desejo do filho de se sentir fisicamente de novo e que seus próprios medos provocaram o tormento que Baldur sente. Freya guardou como segredo, sobre o feitiço, de que não sabia removê-lo.

Assim que Freya foi encontrada por Kratos e seu filho, ela decidiu ajudá-los. Ela sabia que Kratos guardava o segredo de seu filho, por ser um Deus. E que Kratos não tinha a informação necessária sobre Freya, e assim que descobriu, ele decidiu ignorar a sua ajuda, e junto com seu filho, seguiram a sua jornada. Porém, ao ver seu filho doente, correu pedir ajuda de Freya, do qual, decidiu ajudá-los. Freya contou de que queria encontrar, novamente, seu filho Baldur, para que pudesse ganhar o perdão. E assim, Kratos e seu filho seguiam a sua jornada

Assim que Freya, se deparou com Kratos e Atreus, Baldur aparece pra confrontá-los, E assim que Kratos consegue detê-los, e até mesmo, matá-lo, Freya os viu como inimigos, pela dor de sua perda.

Personalidade:

Freya pode se apresentar hospitaleira e amigável, apesar da desconfiança aberta dos ódios dos seres divinos. Quando ela trata de Atreus, é notável, um laço materno. Freya é leal e protetora.

Galeria: