muralgamer

Sona – Horizon Zero Dawn

Ela é a nossa Musa-Gamer da semana. Confira:

Sona é um personagem que pertence ao jogo eletrônico Horizon Zero Dawn. Ela é a Guerra-Chefe da tribo Nora que comanda toda a força de Nora Braves, e é líder em campo de batalha e formula suas estratégias militares. Ao desempenhar essas funções com vontade indomável e seriedade severa, sua maior prioridade é manter a segurança das Terras Sagradas e do povo Nora.

História:

Sona era casada, e do qual, teve dois filhos, Varl e Vala. Durante os anos antes de Nora Brave Aloy, ela já estava viúva, e seus filhos seguiram os seus ensinamentos, e assim, Varl se tornou um Bravo sob o seu comando, e Vala seguiu o mesmo caminho, antes da tribo sofrer ataques de ameaças para não perderem a vida. Pela sua idade, presume que ela lutou contra os Carja quando atacaram os Nora para vítimas de sacríficios humanos, nomeado como Red Raids.

O Massacre da Prova:

Assim que Aloy se tornou um Bravo, membros de um culto secreto atacou o Proving, o rito de passagem da tribo para jovens Nora maiores de idade se tornarem Braves. O ataque ficou conhecido como Massacre da Prova, assassinando muitos dos participantes, incluindo Vala, e com isso, Sona os perseguiu com um grande contingente de Braves.

O contingente rastreou os assassinos, no entanto, muitos dos Braves foram à frente da força e foram dizimados na chegada ao local do Eclipse. Surpresos ao saberem que os cultistas também tinham máquinas antigas a seu serviço, que usaram um fenômeno chamado Corrupção para tornar outras máquinas mais agressivas e resistentes a danos, e as amarrou em serviço para o Eclipse. Os Braves não resistiram no campo de batalha, o que resultou no enfraquecimento do contingente.

Encontrando Aloy:

Sona continuou com os Braves restantes, levando os feridos de volta para The Embrace, a capital da tribo. Ao acampar nas ruína dos Antigos, conhecida como Sede do Diabo, eles readquiriram a trilha dos assassinos, os levando distante longe do acampamento até uma escavação. Explorando a área com os Braves, Sona conhece Aloy, quem matou muitos dos assassinos no Massacre da Prova. Aloy havia se tornado um Seeker, com a missão de rastrear o Eclipse até sua origem no território de Carja, conhecido como Sundom. E a quem convidou, foi seu filho Varl, para encontrá-la. Ao reconhecer o potencial de Aloy, Sona propôs trabalhar com ela em seu ataque planejado ao Eclipse Aloy, e do qual, aceitou. Na batalha, conseguiram deter todos os soldados do Eclipse que estavam presentes.

Encontrando os Assassinos:

Na última batalha, Sona percebeu que esses assassinos eram apenas minoria do que haviam atacado o Proving, e ao investigar o local, encontram uma pista que revela o local principal dos assassinos, em Dor do Diabo, em uma estrutura nas ruínas conhecida como Anel de Metal. Com tudo, foi sugerido um ataque surpresa, e assim que Varl chegou, tendo obtido a localização de Sona de um Brave sobrevivente com quem Aloy havia falado no local onde o Braves perseguidor havia sido dizimado. Aloy e Varl persuadem Sona a quebrar o tabu com o propósito de retaliação justa pelo ataque do Eclipse contra seu povo. Sona e todo pessoal partiram para a Dor do Diabo.

Aloy e Varl se infiltraram no Anel de Metal e localizaram a loja Blaze. Varl voltou à força enquanto Aloy se dirigia à loja e a acendia. Como pretendido, o Blaze criou uma passagem deixando os assassinos surpresos e confusos. Sona e a força invadiram as ruínas, matando todos os assassinos e Máquinas Corrompidas, com ajuda de Aloy. Após a batalha, Sona elogiou Aloy por sua habilidade e bravura, e desejou seu sucesso em sua busca, após o qual ela e sua força foram para a Coroa Mãe do forte de Nora.

Coroa da Mãe:

Sona supervisionou a melhoria das defesas do forte, mas teve o problema sobre recursos, como Chillwater e as lentes de um Lancehorn. Além disso, ela precisava de um esconderijo de flechas de sinalização para ser entregue a uma torre de vigia ao sul. A solução se apresentou na forma de Aloy, que estava de passagem a caminho da Carja Sundom. Sona pediu a Aloy que adquirisse os recursos e entregasse as flechas. Aloy obedeceu, ganhando novamente o respeito e a gratidão de Sona.

The Eclipse Siege:

Ao passar do tempo, Sona voltou a liderar a defesa da tribo contra o Eclipse, que veio com a intenção de exterminar os Nora e destruir as Terras Sagradas, acompanhados por Máquinas antigas ainda mais perigosas, os Deathbringers, uma unidade corrompida da mais temida de todas as Máquinas: o Thunderjaw. O culto concentrou seu ataque em The Embrace, a região mais populosa da tribo. Com desvantagem numérica, os Braves foram incapazes de impedir o culto de invadir e devastar a região. A população se refugiou na posição mais defensável, dentro de sua Montanha Sagrada. Assim, Sona com os Braves foram forçados a se refugiar também, já que os cultistas fizeram o Corrompted Thunderjaw bombardear a montanha com seus Disc Launchers.

Com a intervenção de Aloy trouxe a vitória, tendo aprendido sobre a invasão de Helis, líder do Eclipse, Aloy retornou às Terras Sagradas para intervir após escapar de Helis. Ao chegar à montanha sagrada, enfrentou o Thunderjaw, e Sona ordenou os Braves para ajudá-la. Enquanto Aloy lutava Thunderjaw, Sona e os Braves se encarregaram de deter os cultistas. Aloy conseguiu deter Thunderjaw.

A Montanha Sagrada:

Sona testemunhou que Aloy suspendeu sozinho o cerco aos líderes das tribos, as Alta Matriarcas. Ela assistiu junto com as Matriarcas e as tribos reunidas enquanto Aloy entrava na câmara de sua deusa, a Mãe-de-Tudo. Assim que Aloy saiu da câmara, Sona, junto com as Matriarcas e o resto da tribo, ao se ajoelharem dando a adoração, acreditando que ela era ungida pela Mãe-de-Deus.

Meridiano:

Sona liderou um grupo de guerra em Meridian como prometido, parte de uma aliança por Aloy, mencionando que estava disposta a lutar contra a ameaça aos Nora e ao mundo.

Personalidade:

Sona pode apresentar séria e determinada, mas que, assume suas responsabilidades como chefe de guerra com a maior seriedade por ser uma guerreira e líder experiente e capaz, que ganha o respeito dos Braves e da tribo em geral. Por outro lado, ela demonstra ser religiosa, ao que, adere à religião da tribo, querendo buscar o que é justo.

Galeria:

Visualizações:
138
Categorias da Publicação
MUSAS GAMER

Comments are closed.