fbpx
muralgamer

Yennefer de Vengerberg – The Witcher 3

Na semana de Halloween, essa feiticeira merece ser a nossa Musa-Gamer:

Yennefer de Vengerberg é um personagem que pertence ao jogo eletrônico The Witcher 3. Conhecida por ser uma feiticeira, ganhou habilidade de usar magias, e assim, a sua afiliação é de Conselho Supremo, devido ao seu talento. Ela ganhou alguns apelidos, assim como por exemplo: Yen, Yenna e Iana. A sua raça é Quarta-Elfo.

“Quando eu criei Yennefer, eu queria que Geralt se desenvolvesse completamente, mas então eu decidi complicar as coisas. Eu criei uma personagem feminina que se nega a fazer parte do estereótipo da fantasia. Para o prazer do leitor.

E, repentinamente, ele [Geralt] se deu conta da verdade. Sabia. Sabia quem ela fora. Sabia o que ela se lembrava. Do que não conseguia se esquecer e com o que convivia. Sabia quem ela fora antes de ser tornar uma feiticeira. Por que o observavam frios, penetrantes, maus e inteligentes olhos de uma corcunda.

História:

Yennefer de Vengerberg é natural de Aedirn, e durante o Festival de Florescimento, o Belleteyn, ela se torna uma poderosa feiticeira e cria um laço amoroso com o bruxo Geralt de Rívia, além do mais, é uma amiga próxima de Triss Merigold.

Durante a sua infância, Yennefer sofria com tortura psicológica e agressões físicas de seus pais, ele a rejeitava por ser uma quarto-elfa, sendo que, a sua mãe era meio-elfa. Com tudo, aos próprios pensamentos, a levaram a tentar suicídio. Porém, com a sua admissão na Academia de Magia em Aretuza. Graças a sua tutora Tissaia de Vries, Yennefer pôde recuperar a sua vontade de viver bem e em paz.

Ao se tornar mestre de magias, Yennefer ganha fama e respeito, sendo a mais jovem membra do Conselho Supremo. Ex-combatente de guerra, ela perdera a visão durante a 2ª Batalha por Sodden, que assim, foi recuperada através de magia. Diferente de outras feiticeiras, Yennefer não era membro de nenhum conselho real, porém, como sua amiga Triss Merigold a serviço do rei Foltest. Às vezes, quando solicitado e por morar na capital de Aedirn, Yennefer colaborava com o rei Demawend.

A pedido de Geralt, Yennefer se tornou tutora de Ciri no intuito de ensiná-la sobre magia para controlar seus poderes durante sua estada no templo de Melitele, em Ellander. Com a convivência, um forte laço entre elas começou a nascer, e sendo assim, Yennefer passou a considerar Ciri como sua filha protetora. Ciri também partilhava dos mesmos sentimentos, e com isso, por diversas vezes a chamou de “mãe”.

Yennefer jamais abandonou o desejo de ser mãe. Entretanto, ela não era capaz de gerar filhos, pois seus ovários eram atrofiados e insuficientemente desenvolvidos. A propósito, a feiticeira podia ganhar uma soma elevada de dinheiro eliminando um bebê indesejado ou cobrando por um tratamento de fertilidade, porém, não era capaz de curar a si mesma.

Personalidade:

Yennefer é incrivelmente inteligente e perspicaz. Ela é uma das feiticeiras mais talentosas e utiliza seu conhecimento mágico para atingir seus objetivos. Pode se demonstrar altamente determinada e não desiste facilmente. Ela é conhecida por ser obstinada na busca de seus objetivos, mesmo quando enfrenta desafios difíceis.

Ela tem uma lealdade profunda que ela se importa, incluindo o protagonista Geralt de Rivia e sua filha adotiva Ciri. Ela está disposta a fazer grandes sacrifícios por aqueles que ama. Assim, ela é conhecida com o seu senso de humor sarcástico e suas respostas afiadas, afinal, se torna cativante, confiante e realista.

Yennefer, como a maioria das feiticeiras, era estéril. Contudo, era uma das raras que sofriam muito com tal condição. Seu coração é como a joia que decora seu colo, duro como um diamante frio e insensível, mas afiado que obsidiana, capaz de ferir.

Galeria:

Visualizações:
80
Categorias da Publicação
MUSAS GAMER